Archive for 2011/01/11


MMP P500 – 11 de Janeiro

 

Anúncios

O Miguel Pinto está a criar uma versão de tabuleiro do jogo de computador, e está à procura de jogadores para o testarem durante a LeiriaCON 2011. Podes alistar-te aqui.

WikiLeaks Illuminati

A usar no jogo Illuminati

 

Uma imagem

A Victory Lost

A Victory Lost

Carga Negra

Cargo Noir, o novo Boardgame desenhado por Serge Laget e publicado pela Days of Wonder, está previsto chegar aos consumidores em Março. No jogo cada jogador tentará ganhar por acumulação de pontos de vitória, via a comercialização (ilegal) de bens de contrabando, guardando-os no seu armazém até ter as combinações mais valiosas.

ATZ 2ª Edição

All Things Zombie: The Boardgame vai ter a 2ªEdição para breve, com tabuleiros melhorados, material das cartas melhor, e melhorias gerais de qualidade, sendo possível ainda encomendá-lo no P500 da Lock ‘N Load Publishing, devendo começar a ser despachado para os clientes a partir do dia 17 de Janeiro.

 

Corre, Luta ou Morre

Run, Fight, or Die do autor Richard Launius (Arkham Horror e Defenders of the Realm), é um jogo de Zombies como não existe nenhum outro.
Acabado de entrar no P500 da Lock ‘N Load Publishing segundo o anuncio do Mark Walker, neste jogo cada jogador selecciona uma personagem, representado por uma carta com três zonas, representando as três distâncias cada vez mais próximas do jogador. Os Zombies começam  na zona mais afastada e movem-se cada vez para mais perto em cada turno. Durante o seu turno, os jogadores vão lançando dados, na esperança de acertar com os icons correctos por forma a socorrer sobrevivntes, descobrir localizações com bónus, e matar Zombies com caçadeiras e  tacos de baseball. As gentes da cidade podem-se juntar ao grupo de sobreviventes e tanto podem ajudar como serem um empecilho.
Os jogadores veteranos estarão prontos a jogar Run, Fight, or Die em 5 minutos, não-jogadores em 10.

A Guerra dos Mortos-Vivos

Mark Walker da Lock ‘N Load Publishing, anunciou que entrou mais um jogo no P500:
ZOMBIE WAR – Desenhado por Greg Porter, Zombie War trata da Guerra aos Mortos-Vivos a um nível estratégico, com os jogadores a gerirem a resposta global à ameaça. Com um mapa a 17 x 22 (polegadas), 18 cartas, condições de vitória, ajudas de jogo e uma página com 88 counters. O mapa é semi abstracto, utilizando movimento entre áreas que representam os maiores centros populacionais, conectados por linhas que representam a dificuldade dos Zombies de se espan«lharem de um lado para o outro – por exemplo: Los Angeles-Honolulu tem a dificuldade máxima (4) enquanto que Washington-New York tem a dificuldade mínima (1). Mas basta um Zombie atravessar uma destas linhas para uma região começar a cair no caos.
No Zombie War cada jogador controla o Governo, os Militares, as Corporações  e os Zombies, à vez. Em cada turno, o jogador controla uma destas funções, e após cada turno passa esse controlo para o jogador à sua direita. Assim em cada turno o jogador tem objectivos diferentes dependendo da função que actualmente desempenha. Quando controla o Governo pretende manter os cidadãos calmos enquanto procura uma cura para o problema. Como Militar, pretende impedir o alastrar da ameaça de qualquer forma (mesmo utilizando métodos radicalmente violentos). O jogador que controla as Corporações quer isolar os Zombies para efectuar experiências (e ganhar vantagens comerciais). Finalmente quando se controla os Zombies, só há que arranjar maneira de alastrar a sua influência. Assim o jogador dependendo da sua função de turno para turno vai variando os seus objectivos e ganhando pontos de formas diferentes.
Desenhado para 3 a 4 jogadores, Zombie War foi desenhado para ser simples mas para agradar ao jogador típico de Eurogames, apesar de no seu núcleo ser um jogo estratégico. O preço no P500 é de 19.99 USD, em contraste com os 34.99 USD com que será posto à venda.

A editora Winning Moves passou a disponibilizar no seu website, as regras em PDF dos jogos.

Faleceu o Major Richard Winters

Tornado famoso quando a sua história apareceu ao mundo na série Band of Brothers, Richard Winters faleceu com a idade de 92 anos. Podem conhecer um pouco mais da sua personalidade aqui.

Será este o futuro?

Braggart

Braggart, the Card Game, é um jogo simples de cartas do autor Kyle Daniel, publicado pela Spital Galaxy Games.
Parece um jogo de festa de contar histórias, mas as aparências iludem e acabam assim que se lê as regras. Cada jogador tem de coleccionar e juntar as partes de uma história ridícula, e a história mais estranha ganha. No final quase será difícil não rir quando se lê as histórias com que cada jogador chegou ao fim.

%d bloggers like this: