Tag Archive: Avalon Hill


O Pai e a Mãe

Charles S. Roberts, Don Greenwood, Tom Shaw, Richard Berg, Bob McNamara, Richard Hamblen, Alan R. Moon, Allan B. Calhammer, Tactics II, Titan, Civilization, The Russian Campaign, Acquire, Diplomacy, We the People, Dune, Circus Maximus, Republic of Rome, Colossal Arena, 1830: The Game of Railroads and Robber Barons, TwixT, Age of Renaissance, Kremlin, B-17: Queen of the Skies, History of the World, Kingmaker, Legends of Robin Hood, Merchant of Venus, Magic Realm, Stellar Conquest, Up Front, Advanced Squad Leader, e a lista não tem fim. E o que une todos estes autores e todos estes jogos é um nome que se tornou uma lenda no mundo dos jogos de tabuleiro para adultos: Continuar a ler

Merchant of Venus pela FFG!!!!

O espectacular jogo Merchant of Venus do Richard Hamblen, publicado pela primeira vez pela The Avalon Hill Game Company, em 1988, vai ver a luz do dia numa nova edição pela mão da Fantasy Flight Games em colaboração ou não com a Stronghold Games, que também fez o mesmo anúncio! De acordo com a FFG esta nova edição, baseada num acordo de licenciamento que fez com a Wizards of the Coast, poderá ver a luz do dia já no 2ºtrimestre de 2012.
Só espero que esta confusão de quem edita o que não vá provocar empecilhos a ver-se uma nova edição do Merchant of Venus.

A Saga da Rainha dos Céus

B-17 Queen of the SkiesB-17: Queen of the Skies” por Bruce Shelley e Glen Frank, editado pela Avalon Hill, em 1983, é um jogo de estratégia desenhado para ser primáriamente em jogo solitário, que trata das campanhas de bombardeamento aliadas efectuadas pelos Americanos, sobre a Europa ocupado pela Alemanha Nazi, entre Outubro de 1942 e Maio de 1943.
Neste jogo o jogador controla a tripulação de um bombardeiro B-17F Flying Fortress (Fortaleza Voadora), e tenta efectuar 25 missões de bombardeamento enquanto tenta sobreviver aos ataques de caças Alemães, e largar a sua carga de bombas no alvo designado, podendo jogar em parceria com vários jogadorees, em que cada um voa o seu bombardeiro numa missão conjunta, existindo diversos sites na Internet que se encarregam de coordenar estes jogos comuns, tendo inclusivé no BGG recentemente começado uma campanha no forum do B-17. Para um jogo com 29 anos, desenhado para ser jogado em solitário, a vitalidade que o mesmo ainda tem, e pode-se verificar isso pela quantidade e preço do mesmo na eBay, atesta bem do seu sucesso ainda hoje. Continuar a ler

Shogun -> Samurai Warriors -> Ikusa

Tendo nascido Shogun em 1986 e obrigado a mudar de nome para Samurai Warriors, devido ao conflito com o jogo do mesmo nome produzido pela FASA, eis que agora é re-editado sob a marca da Avalon Hill com o nome Ikusa, o jogo desenhado pelo autor Michael Gray, anunciou a Wizards of the Coast (ambas propriedade da Hasbro).
O lançamento desta nova versão completamente re-desenhada mas com as regras intactas do jogo original está previsto para o próximo mês de Julho. De momento sabe-se que a Pegasus Spiele distribuirá o jogo na Alemanha, mas ainda não se sabe quem irá tratar da distribuição no resto da Europa.

O monstro dos jogos

A Hasbro hoje em dia é dona de várias editoras que foi adquirindo, incluindo-se a Avalon Hill, a Milton Bradley, a Parker Brothers e a Wizards of the Coast. Sendo a maior empresa do mundo de jogos e brinquedos, este quase monopólio de tudo quanto aparece nas grandes superficies comerciais é a responsável pelo moldar da forma de vermos o mundo desde a mais tenra idade. Como é isto possivel? É simples, desde pequenos que a nossa geração e as que nos seguem são bombardeadas por tudo quanto venha deste monstro. Estou a falar de tudo quanto sejam brinquedos que hoje em dia não há criança no mundo ocidental e mesmo no terceiro mundo não conheça: G.I. Joe, Mr. Potato Head, My Little Pony, Pokémon, Star Wars e/ou Transformers. Continuar a ler

MMP abandona Up Front de vez

A Multi-Man Publishing, detentora de licenças da antiga The Avalon Hill Game Company, como seja o Advanced Squad Leader, entre outras, numa recente negociação com a Wizards of the Coast/Hasbro para aumentar o leque de jogos licenciados, chegou à conclusão que devido ao facto que a licença do Up Front não estar disponível, nem a WotC/Hasbro saber confirmar quando (e mesmo se) virá a mesma a estar disponível, deixou cair por terra toda e qualquer pretensão de nem agora nem no futuro vir alguma vez a re-editar este mítico jogo da Avalon Hill.

%d bloggers like this: