O co-autor Gary Friedrich viu o tribunal conceder definitivamente à Marvel os direitos sobre a personagem Ghost Rider.