Não se sabe ainda a causa do divórcio, a não ser a noticia dada pela própria Mayfair Games a informar assim que se despacharem as vendas da primeira remessa do Strike of the Eagle, cada uma seguirá o seu caminho, revertendo à Academy Games todos os direitos e distribuição dos seus próprios jogos.